segunda-feira, 3 de outubro de 2011

2º ano Unificado - Revisão e Downloads


Pra compensar um pouco que não pude ir nos Jogos do Unificado aqui vai um presentinho:

Então vamos começar uma revisão básica, lembrando que ela NÃO substitui o estudo pelo poligrafo, caderno e/ou ppt.

Por falar nisso, aqui vai o arquivo para download da aula de demografia (foi só uma em ppt.):

DEMOGRAFIA
__________________________________
Populoso e Povoado
Diz-se que um país ou estado é populoso quando tem uma elevada população absoluta, ou seja, quando o número total de habitantes é grande, como SP e Brasil, são altamente populosos.
Povoado se refere a densidade demográfica, ou seja, quando o número de hab/km² é elevado dizemos que o país ou estado é muito povoado ou seja tem uma grande densidade demográfica.
O Brasil é muito populoso, cerca de 190 milhões de hab. Mas sua densidade demográfica é baixa, ou seja, pouco povoado com cerca de 20hab/km².
__________________________________
- A Taxa de natalidade é calculada através da divisão entre o número de nascidos vivos pelo número da população absoluta ou total.
__________________________________
- Taxa de mortalidade é resultado da divisão entre o número de óbitos e a população absoluta.
__________________________________
- Taxa de fecundidade corresponde às estimativas em relação ao número de filhos que uma mulher pode ter ao longo do período de fertilidade, entre as idades de 15 e 49 anos. Esse processo é interessante para saber a quantidade de filhos ou média do mesmo para cada mulher.
Razões para a queda das taxas nos dias de hoje:
- Aborto
- Acesso a métodos contraceptivos
- Trabalho feminino
- Custo por filho
- Estética
__________________________________
- Crescimento populacional representa o crescimento vegetativo que é calculado a partir da subtração entre o número de nascidos em um ano pelo número de óbitos no mesmo período, mais a taxa de migração.

Países desenvolvidos - Predominam neste grupo de países baixas taxas de crescimento vegetativo, usualmente próximo a zero ou até mesmo negativo caso do continente europeu. A implicação econômica está na baixa capacidade de reposição populacional em diferentes faixas de idade. Nesses países pode haver uma falta de mão-de-obra e consequente problema econômico para o país. Alguns países incentivam as pessoas a terem mais filhos.

Países subdesenvolvidos - Já neste grupo Predominam elevadas taxas de crescimento vegetativo com tendência a redução.

Causas da redução do crescimento vegetativo:
· Crescimento urbano: elevado custo (benefício da criação de filhos em áreas urbanas).
· Emancipação feminina, seguida das melhoras dos coeficientes educacionais.
· Difusão dos contraceptivos.
· Difusão do Aborto
__________________________________
- Teorias Demográficas
A Teoria Malthusiana - Exposta em 1798, foi a primeira teoria demográfica de grande impacto e até hoje a mais popular de todas, apesar das falhas que apresenta. Ela dizia que a produção de alimentos se dava em P.A e a população crescia em P.G.
Teoria Neomalthusiana - Trata-se de uma tentativa de explicar a fome nos países subdesenvolvidos. Postula que populações jovens numerosas demandam grandes investimentos nas áreas sociais em detrimento dos investimentos produtivos, o que impediria o seu pleno desenvolvimento.
Teoria Reformista - Uma população jovem e numerosa não é a causa do subdesenvolvimento, mas sua conseqüência.
__________________________________
Áreas menos povoadas do planeta:
- Desertos
- Montanhas
- Regiões Polares
- Florestas
__________________________________
- Pirâmides Etárias: a composição da população, em termos de idade e sexo, é representada através de gráficos sob a forma de pirâmides etárias.

Os principais elementos de uma pirâmide etária são:
Base (parte inferior, representando a população jovem);
Corpo (parte intermediária/representando a população adulta);
Cume ou ápice (parte superior/ representando a população idosa);

Considera-se para efeito de faixas etárias, os seguintes segmentos:
. 0 a 19 anos: população jovem;
. 20 a 59 anos: população adulta;
. acima de 60 anos: população idosa.

Daí a origem da expressão “terceira idade” voltada para a população idosa.

As pirâmides de “países jovens”, ou seja, onde há elevada proporção de jovens em relação aos demais segmentos, apresentam uma base larga e o cume estreito, demonstrando baixo número de idosos. Este formato de pirâmide caracteriza a estrutura da população da maior parte dos países subdesenvolvidos.

Por sua vez, os chamados “países velhos” são aqueles, cuja estrutura etária configura uma pirâmide de base mais estreita, configurando a baixa porcentagem de jovens e o cume mais largo, tendo em vista a grande proporção de idosos.

Notadamente, quando ocorre o desenvolvimento do país, verifica-se um gradativo estreitamento da base da pirâmide e um alargamento tanto do corpo quanto do ápice. Isso decorre em razão da redução da taxa de natalidade e do aumento da expectativa de vida da população.

Em termos de sexo, na pirâmide etária, os homens são representados à esquerda e mulheres à direita. O eixo vertical representa as idades e o eixo horizontal pode representar o número de habitantes.
__________________________________
- População Economicamente Ativa (PEA) é considerada deste grupo, toda e qualquer pessoa que esteja empregada ou à procura de emprego.

A idade base considerada para o cálculo da PEA, nos países desenvolvidos, é a de 15 anos. No caso do Brasil, a idade é de 16 anos, tendo em vista que a Constituição Brasileira estabelece esta faixa etária como idade mínima para o ingresso no mercado de trabalho.
O setor primário da economia (agropecuária e extração) serve como referência para saber o grau de desenvolvimento de algum país. Uma parcela significativa da população economicamente ativa nesse setor indica que a produtividade da produção de alimentos (ou bens básicos) é muito baixa, o que significa pouca mecanização e tecnologia, ou seja, que provavelmente se trata de um país subdesenvolvido. A grande maioria dos países desenvolvidos possui a PEA no setor terciário (serviços).
__________________________________
- Migrações
Entende-se por migração, qualquer mobilidade espacial feita por sociedades humanas.
A migração é um movimento que de um lado se configura em emigração, quando o movimento é de saída de um determinado país; e imigração, quando o movimento é de entrada em um determinado país.
Com isso temos países que são considerados países de emigração (aqueles onde predomina a saída de pessoas), e países de imigração (aqueles onde predomina a entrada de pessoas).
Migração internacional ou externa: aquela que se realiza de um país para o outro.
Migração nacional ou interna: aquela que se realiza dentro do mesmo país.
Dentre as migrações internas temos os seguintes movimentos:
a) Êxodo rural: tipo de migração que se dá com a transferência de populações rurais para o espaço urbano. Esse tipo de migração em geral tende a ser definitivo. As principais causas dele são: a industrialização, a expansão do setor terciário e a mecanização da agricultura.
O êxodo rural está diretamente ligado ao processo de Urbanização.

b) Êxodo urbano: tipo de migração que se dá com a transferência de populações urbanas para o espaço rural. Hoje em dia é um tipo de migração muito incomum.

c) Migração urbano-urbano: tipo de migração, que se dá com a transferência de populações de uma cidade para outra. Tipo de migração muito comum nos dias atuais.

d) Trasumância: tipo de migração que se caracteriza por estar ligada as estações do ano. É uma migração temporária onde o migrante sai de um determinado local em um determinado período do ano, e posteriormente volta, em outro período do ano.

e) Migração diária ou pendular: tipo de migração característico de grandes cidades, no qual milhões de trabalhadores saem todas as manhãs de sua casa em direção do seu trabalho, e retornam no final do dia. Os momentos de maior aglomeração de pessoas são chamados de rush Isso se dá em virtude da periferização dos trabalhadores que muitas vezes moram a vários quilômetros de distância de seu trabalho, em alguns casos até mesmo em outras cidades que passam a ser chamadas de cidades dormitório.

f) Nomadismo: tipo de migração, que se caracteriza pelo deslocamento constante de populações em busca de alimentos, abrigo, etc. Esse tipo de migração é típico de sociedades primitivas e por conta disso se encontra em extinção.
__________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário