quarta-feira, 23 de março de 2011

7ª Série - Revisão p/ o teste do dia 25/03


Vamos então a nossa revisão

Lembrando que vocês podem estudar por aqui, pelo caderno, pelas aulas de datashow, além do livro (capítulos 1 [a partir da pág.17], 3, 4 e 5)

Vocês podem fazer os downloads das aulas do DataShow em .pdf AQUI e a outra AQUI
Se preferir vcs também podem fazer download em formato .PPT clicando AQUI e AQUI

1. GLOBALIZAÇÃO

A globalização é um fenômeno social que ocorre em escala global. Esse processo consiste em uma integração em caráter econômico, social, cultural e político entre diferentes países.

A globalização é oriunda de evoluções ocorridas, principalmente, nos meios de transportes e nas telecomunicações, fazendo com que o mundo “encurtasse” as distâncias. No passado, para a realização de uma viagem entre dois continentes eram necessárias cerca de quatro semanas, hoje esse tempo diminuiu drasticamente. Um fato ocorrido na Europa chegava ao conhecimento dos brasileiros 60 dias depois, hoje a notícia é divulgada quase que em tempo real.

O processo de globalização estreitou as relações comerciais entre os países e as empresas. As multinacionais ou transnacionais contribuíram para a efetivação do processo de globalização, tendo em vista que essas empresas desenvolvem atividades em diferentes territórios.

As vantagens da Globalização: Acesso rápido e fácil aos produtos e informação, além da melhor qualidade dos produtos.

As desvantagens da Globalização: Homogeneização da cultura mundial (todos consomem os mesmo produtos e acabam deixando de lado os costumes locais); o dinheiro dos produtos fica com os países de origem; os países pobres tem a mão-de-obra e os recursos naturais explorados pelas empresas que buscam menores custos; nem todos no planeta são beneficiados pela globalização; existe hoje uma total interdependência mundial , ou seja, algo que acontece do outro lado do planeta interfere nas nossas vidas mesmo que aparentemente nós não tenhamos nada a ver com isso.


2. CLASSIFICAÇÃO DOS PAÍSES

Classificação até 1991
Surgida nos tempos da Guerra Fria, no que ficaria conhecido como “Teoria dos Mundos”, a denominação primeiro mundo a princípio designava os países desenvolvidos capitalistas enquanto que o “segundo mundo” seriam os países socialistas e o “terceiro mundo” os países em desenvolvimento ou subdesenvolvidos capitalistas”).
Classificações Atuais
Atualmente uma das divisões que feitas é a Norte-Sul que a maioriados países ricos está norte do globo, mas mesmo assim alguns países do sul são industrializados, o problema é que não tem qualidade de vida, por isso não é considerado rico, ou desenvolvido.

Outra classificação que a é usada atualmente é a de países centrais e periféricos.
Países centrais são aqueles que detém maior poder político, econômico e militar. São eles que produzem novas tecnologias, exportam produtos culturais e bens de alto valor. Os países periféricos são aqueles que dependem dos países centrais, tem economias pouco desenvolvidas, possuem pouca influência no cenário internacional.
Os países periféricos podem se subdividir em periféricos dinâmicos e deprimidos. Os periféricos dinâmicos se encontram em fase de desenvolvimento industrial, com maioria da população concentrada nas cidades. São menos desenvolvidos do que os Países Centrais e mais desenvolvidos do que os Países Periféricos deprimidos.
Exemplos
Centrais: EUA, Canadá, Japão, Inglaterra, França, Itália...
Periferia Dinâmica: Brasil, México, Rússia, África do Sul, China...
Perfirefia Deprimida: Haiti, Gabão, Congo, Timor Leste...

3. SUBDESENVOLVIMENTO

A expressão subdesenvolvimento originou-se após a Segunda Guerra Mundial para denominar os países com baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), esse índice é analisado a partir dos indicadores sociais como: taxa de mortalidade infantil, taxa de analfabetismo, taxa de natalidade, renda per capita, qualidade de vida da população, aquisição ao conhecimento e expectativa de vida.

Uma característica dos países subdesenvolvidos é a dependência econômica dos países desenvolvidos, em uma nova espécie de colonialismo, segundo o qual o investimento industrial e os canais de comercialização dos produtos estão nas mãos dos países ricos. O baixo índice de investimento implica em pouca industrialização, que depende do exterior, e que, em última análise, leva embora os benefícios do capital.
De qualquer maneira, o que caracteriza um país subdesenvolvido são as seguintes situações: falta de alimentos, indústria tardia e dependente, economia baseada em mineração e agropecuária, analfabetismo, PIB baixo, desemprego, trabalho infantil, desigualdade social e muitas vezes governos autoritários e/ou corruptos.

Vale lembrar que estas características dos países subdesenvolvidos são os efeitos que uma economia subdesenvolvida produz em uma população, não suas causas. É o fruto da desigualdade intrínseca que o sistema capitalista introduz, que tende a acumular capital em alguns países em detrimento de outros.

Existem hoje os países subdesenvolvidos, não por razões naturais - pela força das coisas - mas por razões históricas - pela força das circunstâncias. Circunstâncias históricas desfavoráveis, principalmente o colonialismo político e econômico que manteve estas regiões à margem do processo da economia mundial em rápida evolução. Na verdade, o subdesenvolvimento não é a ausência de desenvolvimento, mas o produto de um tipo universal de desenvolvimento mal conduzido. É a concentração abusiva de riqueza - sobretudo neste período histórico dominado pelo colonialismo que foi o fator determinante do subdesenvolvimento de uma grande parte do mundo: as regiões dominadas sob a forma de colônias políticas diretas ou de colônias econômicas.

4. CARACTERÍSTICAS DE REGIÕES ESPECÍFICAS

a) América Latina: Enorme desigualdade social, corrupção e baixa escolaridade
b) África: o mais pobre dos continentes, sofre com guerras internas, epidemias e e secas
c) China e Tigres Asiáticos: países que tem como característica facilitar a entrada de empresas estrangeiras, por isso encontramos muitas produtos "Made in China", "Made in Taiwan"...
d) Oriente Médio: Sub-continente dentro da Ásia, sua população é de maioria islâmica e é chamado de "Barril de Pólvora" devido aos freqüentes conflitos.
e) Índia: País de baixa escolaridade e que está atualmente em conflito com o Paquistão pela região da Caxemira. A Índia de religião hindu não quer deixar a Caxemira de religião islâmica se anexar ao Paquistão,também de religião islâmica. O maior problema é que Índia e Paquistão possuem armas nucleares...

2 comentários: